5 Tendências Tecnológicas de 2020 para Instituições Religiosas

Como a tecnologia poderá impactar igrejas e instituições filantrópicas.

1.    INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Em vários segmentos a Inteligência Artificial é considerada a principal tendência tecnológica de 2020. Mas, como isso pode ser importante para instituições como as igrejas? Geralmente o primeiro passo das organizações nessa tecnologia é o investimento em atendimento virtual dos clientes através de chatbots, seja pelo Whatsapp e/ou Messenger. Porém, algumas igrejas já estão mais avançadas e conseguem oferecer orientação espiritual, esclarecimento de dúvidas e estudos bíblicos, usando essa tecnologia. (https://noticias.adventistas.org/pt/noticia/comunicacao/mais-de-20-mil-pessoas-ja-estudaram-a-biblia-via-whatsapp-com-a-ajuda-de-robos/

2.    STREAMING

Plataformas de vídeos como a Netflix criaram uma nova oportunidade de comunicação e relacionamento. Nos últimos anos vários grupos religiosos (Adventistas, Católicos, Mórmons, Igreja Universal, etc.) criaram suas próprias plataformas de streaming e estão produzindo filmes porque entenderam que a linguagem cinematográfica consegue atrair e impactar o espectador como nenhuma outra mídia o faz. Apesar de exigir um investimento alto, a tendência é que essa estratégia seja utilizada por mais igrejas em 2020. (https://vejasp.abril.com.br/cidades/espacos-religiosos-tecnologia-internet/)

3.    PODCAST

O brasileiro finalmente se rendeu aos Podcasts. Esse formato de conteúdo tem principalmente caído na preferência de jovens e adultos que não conheceram o hábito de ouvir rádio. Por ser um produto de nicho, cada igreja precisa pesquisar e definir exatamente que público deseja atingir e que tipo de mensagem é relevante para ele.

4.    LEIS DE PROTEÇÃO DE DADOS

Esse será um dos assuntos de maior repercussão na mídia a partir do segundo semestre. A LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) entrará em vigor em dezembro de 2020 e também vai impactar a maneira como as igrejas usam e armazenam os dados dos fiéis. (https://usuariomariohenriqueadv.jusbrasil.com.br/artigos/721036402/aplicacao-da-lei-geral-de-protecao-de-dados-nas-igrejas)

5.    5G

Infelizmente, para a tristeza de muitos, no Brasil essa tecnologia vai demorar um pouco, porém vai impactar várias outras partes do mundo como Europa e Estados Unidos, a partir desse ano. O 5G promete revolucionar o que hoje conhecemos como Internet. Novas oportunidades surgirão e algumas empresas desaparecerão. É possível, inicialmente as igrejas sejam mais beneficiadas nos serviços de transmissão de cultos e eventos, pois o 5G garantirá mais velocidade, qualidade e alcance. Como exemplo, o 5G também poderá viabilizar o uso da holografia. Já imaginou um pregador ocupando vários púlpitos em diferentes lugares e ao mesmo tempo? (https://canaltech.com.br/internet/videos-holograficos-e-dados-tateis-estao-entre-as-novas-possibilidades-da-5g-122656/)

A tecnologia também vai colaborar indiretamente para consolidar alguns comportamentos nascidos antes de 2020, como o crescimento dos “Nones” (desigrejados), incentivará maior atenção à produção de conteúdo para as novas gerações e a missão digital.( https://www.pewforum.org/2012/10/09/nones-on-the-rise/)

Num mundo em que as tecnologias e comportamentos mudam de forma tão abrupta e repentina, confiar em previsões não é a melhor estratégia. O mais importante é manter-se conectado Àquele que conhece o futuro e buscar sabedoria para se adaptar quando as mudanças ocorrerem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: