Biohacking

Cena da série Years and Years – BBC/HBO

Como parte do movimento #transumanista está o #biohacking.

O biohacking é uma técnica que usa tanto a tecnologia quanto a biologia para formar humanos capazes de elevar seu desempenho corporal ao nível máximo.

O Biohacking é um dos movimentos mais fortes dentro das tendências tecnológicas atuais.

Ele está relacionado com as práticas de modificação corporal com finalidades evolutivas. Por exemplo, alguns participantes do movimento costumam testar injeções de DNA geneticamente modificado, implantes de imãs nas mãos, aplicação de colírios para desenvolvimento de visão noturna, interfaces cérebro-computador, roteadores WiFi subcutâneos, sensores corporais que ligam e desligam as luzes de casa etc.

O biohacking possui dois mundos distintos:  (1) o que usa a tecnologia e a ciência para conquistar uma espécie de superpoder, que antes eram vistos somente em filmes e (2) o que faz uso da medicina tradicional com o objetivo de tratar doenças e traumas.

Áreas de atuação do biohacking:

  1. Grinding. Biohackers que alteram o próprio corpo através de implantes de dispositivos cibernéticos. Geralmente desenvolvem e implantam seus dispositivos de modo amador e autônomo, de forma arriscada.
  2. Biologia DIY. Vertente que estuda a inovação tecnológica de baixo custo aplicável ao corpo humano. Também é conhecida como “biologia de garagem”, por ter emergido através de experimentos caseiros.
  3. Nutrigenômica. Nela entram as modificações corporais feitas através de alimentos ou suplementação. São desenvolvidos com base nos estudos entre o genoma humano e suas relações com a nutrição individual e saúde.
  4. Quantified Self. Método de coleta de dados sobre si mesmo, para análise e aprimoramento pessoal. Exemplos: aplicativos ou wearables de monitoramento do sono e desempenho esportivo.

É SEGURO?

Algumas formas de biohacking podem ser seguras quando supervisionadas por um profissional médico. Por exemplo, tomar certos suplementos ou fazer mudanças em sua dieta pode ser seguro com a ajuda de um nutricionista.

No entanto, algumas metodologias de biohacking se aproximam do ilegal por serem inseguras e antiéticas.

Termos relacionados: #cyberpunk, #transumanismo, #nootropics,

Referências:
https://www.healthline.com/health/biohacking

https://www.bbc.com/portuguese/geral-37991063

https://pt.wikipedia.org/wiki/Biohacking_(modifica%C3%A7%C3%A3o_corporal)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: