Cyber flashing

Cyber flashing é o envio de imagens obscenas (órgãos sexuais) a alguém que não se conhece e que não pediu isso. É considerado crime de assédio sexual em vários países.

O cyber flashing pode acontecer por Airdrop, bluetooth e em qualquer plataforma social como o Facebook, Twitter, Instagram, WhatsApp e uma gama de aplicativos de namoro.

Muitas vezes o cyber flashing não é levado a sério, mas é um problema crescente para mulheres jovens e meninas.

PESQUISAS

Uma pesquisa recente do site de notícias britânico The Independent descobriu que 32% das meninas disseram ter recebido ao menos uma foto de um pênis que elas não queriam. [1]

Em 2018, uma pesquisa britânica constatou que 46% das mulheres entre 18 e 36 anos haviam recebido imagens não solicitadas e 30% dos homens admitiram ter enviado. [2]

Os dados sugerem que um quinto das mulheres que receberam imagens não solicitadas descreve o cyber flashing como “angustiante”, “ameaçador” e 60% consideram algo “brutal”.

Especialistas cibernéticos relataram que o cyber flashing cresceu maciçamente durante a pandemia do Covid-19. [3]

EFEITOS NEGATIVOS

Diferentes mulheres experimentam o dano de forma diferente. Para aquelas com histórico de violência ou abuso, o cyber flashing pode servir como gatilho e disparar lembranças de traumas passados.

No cyber flashing nem sempre se sabe quem enviou a imagem. A vítima pode estar em um espaço público quando recebe a imagem e essa ameaça gera um efeito de insegurança pessoa e o receio de ter o espaço privado invadido, seja fisicamente ou digitalmente.

Ainda mais preocupante, a prática é uma porta de entrada conhecida para mais violência e abuso.

CONCLUSÃO

As novas gerações precisam entender que o #cyberflashing não é algo normal. As plataformas sociais precisam se preocupar mais com a segurança das crianças e mulheres. Pais e educadores precisam explicar aos meninos e meninas como se proteger e os riscos e prejuízos dessa prática.  

Referências:

[1] https://www.familyzone.com/anz/families/blog/cyber-flashing-growing-risk

[2] https://yougov.co.uk/topics/politics/articles-reports/2018/02/16/four-ten-female-millennials-been-sent-dick-pic

[3] https://www.independent.co.uk/life-style/women/cyber-flashing-online-harms-lockdown-b1847510.html

https://www.independent.co.uk/life-style/women/cyber-flashing-incidents-number-2020-a9341676.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: