Jogos que mais viciam

Alguns jogos são mais viciantes que outros? Existem crianças mais suscetíveis a este tipo de vício?

Nas últimas semanas recebi mensagens de pais preocupados com o tempo que os filhos gastam em jogos como #Fortnite, #Freefire, #Valoran, #Genshin, #Roblox, etc. Seguem algumas reflexões.

OS GAMES SÃO PROJETADOS PARA SER VICIANTES

Os criadores de jogos sempre procuram maneiras de aumentar o tempo que as pessoas gastam jogando. Isto não significa que eles tenham a intenção maliciosa de viciar os jogadores. Mas, em alguns casos, o lucro está relacionado ao tempo de uso.

O QUE TORNA UM JOGO VICIANTE?

Os jogos que mais prendem a atenção costumam ser difíceis e desafiadores, porém permitem que os jogadores alcancem pequenas vitórias. Nesse sentido, os games funcionam semelhante aos jogos de cassino.

Existem vários “ganchos” que são incorporados nos jogos com a intenção de torná-los “viciantes“. Alguns deles são:

  1. A pontuação máxima ou porcentagem de conclusão são ganchos mais facilmente reconhecíveis. O esforço para atingir a mais alta pontuação no ranking pode manter um jogador absorto por horas.
  2. Vencendo o rival.  Os jogos de multijogadores são um grande sucesso atualmente. Competir online com pessoas do mundo inteiro ou fazer parte de um clã que luta contra outros tornou alguns jogos muito famosos, como o #Fortnite e #Freefire.
  3. RPG. Nesse tipo, os jogadores criam os personagens do jogo.  Há uma ligação emocional com o personagem e a história que torna muito mais difícil parar de jogar. #Warcraft, #Genshin etc.
  4. Descoberta e Mundo Aberto. Esse tipo de jogo pode ser especialmente viciante porque não há “fim”. Ao contrário dos jogos como Super Mario, onde você ganha quando salva a princesa, nesses jogos sempre há algo para se explorar. #GTA, #Zelda, #Minecraft, etc.
  5. Relacionamento.  Muitos jogos online permitem que os jogadores se comuniquem. Para algumas crianças, a comunidade online pode se tornar acolhedora e o lugar onde elas são mais aceitas. Isso as atrai de novo e de novo.

ALGUNS SÃO MAIS SUSCETÍVEIS QUE OUTROS?

Algumas pessoas são geneticamente mais propensas ao vício que outras. Mas, também existem comportamentos que estimulam. Por exemplo, as crianças que se aborrecem facilmente, têm relacionamentos problemáticos na família ou sentem-se marginalizadas na escola são mais facilmente atraídas pelos games. Isso porque o jogo preenche um vazio e satisfaz necessidades que não são atendidas em outras esferas da vida.

Os games também dão às crianças uma dose extra de dopamina. A dopamina, conhecida como “hormônio da recompensa”, é a mesma substância química que inunda o cérebro quando as pessoas ganham no jogo ou fumam um cigarro. É uma das principais razões pelas quais as pessoas ficam viciadas no jogo, pois ela gera um pico de êxtase e entusiasmo.  Mas quando se desce dele, o jogador pode se sentir agressivo e triste, fazendo com queira jogar novamente.

CONCLUSÃO

Não se pode ter certeza se uma criança vai ou não se viciar num jogo. É preciso avaliar a combinação desses fatores. A predisposição de alguns adolescentes para o vício e de jogos cada vez mais elaborados para viciar tornam essa uma questão de risco real que pais, professores e amigos devem estar cientes e tomar medidas para prevenir.

Convencer as crianças dos riscos dos jogos não é uma tarefa fácil.  Elas geralmente concordam que os jogos possuem características viciantes, mas tem suas próprias perspectivas, independente dos pais, e que nem sempre estão corretas.

“O melhor modo de impedir o desenvolvimento do mal, é ocupar antecipadamente o terreno” (EGW).  Os pais precisam criar estratégias de comunicação com os filhos, estabelecer limites e reforçar valores. Alguns métodos antigos não funcionarão com os nativos digitais e podem criar problemas maiores que o próprio vício.   

Referências

https://www.bbc.com/portuguese/geral-47821593

https://gamequitters.com/parents-guide-to-fortnite-addiction/

http://www.techaddiction.ca/why_are_video_games_addictive.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: